sexta-feira, 21 de setembro de 2012

TERRA - 1930

 Zemlya, 1930 
 Alexander Dovzhenko

Formato: AVI
Aúdio: -
Legendas: Inglês (fixa) / Português (separada)
Duração: 75 minutos
Tamanho: 921 Mb
Servidor: Mediafire
LINKS

SINOPSE
Em uma região rural pacífica da Ucrânia, Vassily se opõe aos proprietários, ou Kulaks, no início da coletivização das terras.Último filme da 'Trilogia da Ucrânia' (completada por 'Zvenigora' e 'Arsenal')
Fonte: Cineplayers

IMDB

SOBRE O FILME 

por Richard Pena


Terra, de Alexander Dovzhenko, pode ser considerado a maior conquista do cinema mudo soviético, que nunca cessa de impressionar. Um modernista que se inspirou profundamente na arte folclórica - assim como seus contempôraneos MarcChagall e Sholem Aleichem -, Dovzhenko criou uma ode ao início da coletivização na Ucrânia que é uma orgia de imagens delirantes de campos de centeio ao vento, frutas amadurecendo e cavalos em disparadas. A chegada do trator é recebida com alegria pelos camponeses, que começam a imaginar uma vida nova para si mesmos, porem os kulaks (proprietários de terras) sobreviventes conspiram para assassinar o jovem líder do comitê do Partido do vilarejo. Sua morte, no entanto, serve apenas para fortalecer o ímpeto dos camponeses. Em um final espetacular, Dovzhenko une os temas do nascimento, morte, colheita, progresso e solidariedade à medida que o morto retorna à terra que tanto amou.
Contudo, nenhum resumo pode fazer justiça à extraordinária sensualidade do filme, uma  qualidade não muito bem vista pelos censores soviéticos. Dentre as partes cortadas das versões mais antigas estão uma cena na qual, para simbolizar sua comunhão, os homens do vilarejo urinam no radiador do trator e um plano em que os homens buscam força e conforto ao colocar as mãos dentro das blusas das mulheres que estão ao seu lado. Qualquer pessoa em busca das origens do cinema de Andrei Tarkovski deve começar com Terra.

Texto extráido do livro "1001 Filmes Para Ver Antes de Morrer"
(Steve Jay Schneider, 2010)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação do comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários. Dessa forma, o Convergência Cinéfila reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética, ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Para a boa convivência, o Convergência Cinéfila formulou algumas regras:
Comentários sobre assuntos que não dizem respeito ao filme postado poderão ser excluídos;
Comentários com links serão automaticamente excluídos;
Os pedidos de filmes devem ser feitos no chatbox.

Att.,
Convergência Cinéfila