domingo, 31 de março de 2019

FREISTATT - 2015

Freistatt, 2015
Legendado, Marc Brummund
Imagem relacionada

Formato: mp4
Áudio: alemão
Legenda: português
Duração: 1h 44min.
Tamanho: 1,66 GB
Servidor: Uptobox (Parte única)

LINK
Parte única

SINOPSE
Até meados dos anos 70, permaneceu ativa na Alemanha, uma escola cristã em que a violência e repressão prevaleceram como formas de aprendizagem. Este filme nos leva a cenários reais dessa instituição, um reformatório concebido como campo de trabalho e prisão de alta segurança, isolada por pântanos lamacentos e vastas planícies.

Fonte: Filmow

IMDb Rating          7.2
Trailer




Screenshots

sábado, 30 de março de 2019

VIOLÊNCIA GRATUITA - 1997

Funny games, 1997
Legendado, Michael Haneke

Formato: avi
Áudio: alemão
Legenda: português
Duração: 108 min.
Tamanho: 690 MB
Servidor: Uptobox (Parte única)

LINK
Parte única

SINOPSE
Um simples período de férias em sua casa de campo à beira de um lago é transformado em pesadelo para uma família quando, estranhamente, recebem a visita de dois jovens psicopatas, que os submetem a um tenso jogo de tortura psicológica.

Fonte: Cineplayers

Rotten Tomatoes Critics - Certified Fresh              66%
Rotten Tomatoes Audience - Upright                83%
IMDb Rating          7.6
Trailer




Screenshots

quinta-feira, 28 de março de 2019

BORDER - 2018

Gräns, 2018
Legendado, Ali Abbasi
Imagem relacionada


Formato: mp4
Áudio: sueco 
Legendas: português 
Duração: 1h 50min
Tamanho: 896 MB
Servidor: Uptobox (parte única)

LINK

SINOPSE
Tina (Eva Melander) é uma policial que trabalha no aeroporto fiscalizando bagagens e passageiros. Depois de ser atingida por um raio na infância, ela desenvolveu uma espécie de sexto sentido, fazendo com que seja capaz de “ler as pessoas” apenas pelo o olhar. Isso sempre representou uma vantagem na sua profissão, mas tudo muda quando ela identifica um criminoso em potencial e não consegue achar provas para justificar sua intuição. Após o episódio, ela passa a questionar seu dom, ao mesmo tempo em que fica obcecada em descobrir qual o verdadeiro segredo de Vore (Eero Milonoff), seu único suspeito não legitimado. 
Fonte: Cafecomfilme
Rotten Tomatoes Critics - Certified Fresh              96%
Rotten Tomatoes Audience - Upright                73%
IMDb Rating          7.1
Trailer



Screenshots

quarta-feira, 27 de março de 2019

ASSUNTO DE FAMÍLIA - 2018

Manbiki kazoku, 2018
Legendado, Hirokazu Koreeda
Manbiki kazoku Movie Poster

Formato: mp4
Áudio: japonês 
Legendas: português 
Duração: 2h 01min
Tamanho: 1 GB
Servidor: Uptobox (parte única)

LINK

SINOPSE
Ganhador da Palma de Ouro de Cannes em 2018, Assunto de Família, como o título em português deixa muito claro, lida com tema muito caro para o diretor e roteirista japonês Hirokazu Koreeda, como provam suas obras O Que Eu Mais Desejo, Pais e Filhos e Depois da Tempestade. Aqui, porém, ele dá um passo atrás – não em qualidade, que fique desde logo claro! – e tenta observar e estudar o que exatamente é uma família, como ela se forma e como ela se mantém unida, com uma esperada abordagem lírica para uma história simples, que se diferencia pela força de pequenas sequências que pontilham a projeção.
Como existem revelações (não exatamente surpresas) que vão sendo desveladas ao longo da narrativa, procurarei ser críptico em relação aos detalhes sobre a história. Em linhas gerais, porém, Koreeda segue uma família composta por uma matriarca, normalmente referida como “avó” ou “vovó”, vivida maravilhosamente por Kirin Hiki, um casal mais velho, Osamu (Lily Franky) e Nobuyo (Sakura Ando), uma filha adulta, Aki (Mayu Matsuoka) e o garoto Shota (Kairi Jō). Todos eles vivem em um casebre empobrecido e claustrofobicamente cercado de prédios nos arredores de Tóquio, o que desde logo nos passa uma visão rara da megalópole japonesa, normalmente conectada com riqueza, tecnologia e o mais alto grau civilizatório. Quando o filme começa, vemos Osamu, em uma sequência tonalmente cômica, mas de pano de fundo grave, ensinando Shota a cometer pequenos furtos em um supermercado local. Essa sequência estabelece a narrativa e fala muito sobre o filme em si, com Koreeda e seu diretor de fotografia Ryûto Kondô trabalhando primordialmente câmeras paradas, atentas observadoras dos detalhes mais significativamente insignificantes, como os gestos que Shota faz antes de executar os furtos e os olhares manipuladores de Osamu.

Fonte: Planocritico
Rotten Tomatoes Critics - Certified Fresh              99%
Rotten Tomatoes Audience - Upright                90%
IMDb Rating          8.1
Trailer




Screenshots

terça-feira, 26 de março de 2019

THE ATOMIC CAFE - 1982

The atomic cafe, 1982
Legendado, Jayne Loader, Kevin Rafferty
Resultado de imagem para the atomic cafe poster

Formato: mp4
Áudio: inglês 
Legendas: português 
Duração: 1h 26min
Tamanho: 721 MB
Servidor: Uptobox (parte única)

LINK

SINOPSE
Filme realizado a partir de colagens que examina as atitudes oficiais e extra-oficiais dos Estados Unidos diante da era atômica instaurada logo depois da Segunda Guerra Mundial. Imagens de antigos filmes de propaganda de guerra constróem o panorama da época.
Fonte: 42mostraSP

Rotten Tomatoes Critics - Certified Fresh              96%
Rotten Tomatoes Audience - Upright                85%
IMDb Rating          7.7
Trailer



Screenshots

segunda-feira, 25 de março de 2019

SOBRE PAIS E FILHOS - 2017

Kinder des Kalifats, 2017
Legendado, Talal Derki
Resultado de imagem para Kinder des Kalifats poster

Formato: mp4
Áudio: árabe 
Legendas: português 
Duração: 1h 39min
Tamanho: 850 MB
Servidor: Uptobox (parte única)

LINK

SINOPSE
"Esta é uma guerra de atrito, mas não durará para sempre", disse Abu Osama, um militante sírio de cabelos ruivos. “Chegaremos a um ponto em que todos perderam. Você entende? Não pode continuar assim para sempre."
Osama oferece uma perspectiva muito rara: a de um insider no movimento jihadista na Síria, aquele que experimentou o trabalho dos grupos mais extremos em primeira mão. Em um ponto, Osama é convidado a expor as diferenças entre as duas organizações extremistas mais dominantes na Síria, Jabhat al-Nusra e o Estado Islâmico, cujos caminhos divergiram. Ele diz a seu interlocutor que a diferença é “enorme”. Explicando, com uma analogia com a paternidade - tanto o Estado Islâmico quanto o al-Nusra, descendente da Al Qaeda original - ele pergunta: “Digamos que você tenha dois filhos. Um é obediente e o outro não. Qual criança você prefere?
Osama é o foco de um novo documentário sobre a guerra na Síria, intitulado "Sobre Pais e Filhos", do cineasta Talal Derki. O filme centra-se na vida de um grupo de militantes sírios e suas famílias em uma aldeia na província de Idlib, no norte do país. O filme anterior de Derki, o aclamado documentário de 2013 "Return to Homs", contou a história de um grupo de jovens revolucionários travando uma batalha condenada para libertar sua cidade natal do regime de Bashar al-Assad. Enquanto a narrativa de "Return to Homs" tinha uma corrente de heroísmo e nobreza, "De Pais e Filhos" é um olhar muito mais sombrio para a radicalização da revolta.
Fonte: Intercept

Rotten Tomatoes Critics - Certified Fresh              94%
Rotten Tomatoes Audience - Upright                63%
IMDb Rating          7.3
Trailer



Screenshots

domingo, 24 de março de 2019

OS DOIS MUNDOS DE CHARLY - 1968

Charly, 1968
Legendado, Ralph Nelson
Imagem relacionada

Formato: mp4
Áudio: inglês 
Legendas: português 
Duração: 1h 43minutos
Tamanho: 863 MB
Servidor: Uptobox (parte única)

LINK

SINOPSE
Uma curiosa ficção científica que o diretor Ralph Nelson elaborou a partir do conto “Flowers For Algernon”, de Daniel Keyes, e que, lançada nos anos 1960 de então, absorve muitas das transgressões, inclusive narrativas, que estavam em voga no cinema daquele período gerando uma nova e audaciosa geração de realizadores.
Como é comum a filmes de apelo futurista, “Os Dois Mundos de Charly” não envelheceu muito bem no registro anacrônico de sua dramaturgia, porém, o teor insólito de sua premissa e a atuação prodigiosa de Cliff Robertson (que ganhou o Oscar de Melhor Ator) são quesitos de valor inconteste.
Na trama, Charly e Algernon são grandes amigos. Charly é retardado mental. Algernon é um rato (!). A relação tão harmoniosa entre o homem e o bichinho é radicalmente alterada quando Algernon é submetido a uma cirurgia experimental no cérebro, reestruturando o processo químico do intelecto o que lhe confere um aumento exponencial na inteligência.
Se antes a amizade com Algernon permitia ao limitado Charly ter um amigo (ainda que animal) sem as cobranças de esforço racional que implicam as relações humanas, agora não mais: Inteligente, Algernon chega a vencê-lo em cada teste de Q.I. que realizam.
É a Professora Alice Kinian (Claire Bloom, de “Viagens Alucinantes”, de Ken Russel) quem sugere a Charly passar pelo mesmo procedimento, fazendo dele a primeira cobaia humana para aquela experiência.

Rotten Tomatoes Critics - Certified Fresh              67%
Rotten Tomatoes Audience - Upright                61%
IMDb Rating          7.1
Trailer




Screenshots

sábado, 23 de março de 2019

ZORBA, O GREGO - 1964

Alexis zorbas, 1964
Legendado, Michael Cacoyannis
Resultado de imagem para Alexis zorbas poster

Formato: avi
Áudio: inglês e grego
Legendas: português 
Duração: 2h 22 minutos
Tamanho: 1,25 GB
Servidor: Uptobox (parte única)

LINK

SINOPSE
Michael Cacoyannis — esta é a transcrição ocidentalizada do nome grego do diretor, uma grafia que ele utilizou nos créditos deste Zorba, o Grego — já era admirado e reconhecido na Europa e na América por ocasião do lançamento de Zorba, em 1964. Responsável por longas bem recebidos e premiados como Stella (1955), A Mulher de Negro (1956), Uma Questão de Dignidade (1958) e Electra, a Vingadora (1962), o cineasta tinha grande apreço por roteiros que mesclavam elementos sociais, históricos e paixões humanas, uma característica que podemos observar em toda a sua filmografia.
Dando grande destaque para o papel da mulher nos ambientes sociais que retratou, Cacoyannis conseguiu mostrar ao mesmo tempo o lado monstruoso e sensível do homem, contrastando a sua cadência para a morte com o grande valor e significado que pode dar à vida. Este, sem dúvidas, é um dos motivos centrais de Zorba, o Grego, um filme sobre a amizade e o amor em um cenário cru, quase bárbaro, cheio beleza natural, omissão, vampirismo social, impunidade, inveja e crueldade.

A história aborda a improvável amizade entre Zorba (Anthony Quinn, em excelente interpretação) e Basil (Alan Bates), homens que se conhecem por acaso em um porto e estabelecem de imediato uma ligação de confiança que marcará para sempre suas vidas, com os dois lados aprendendo e amadurecendo, ao passo que o tempo avança e ambos lidam com dificuldades que vão da morte de pessoas queridas a um gigantesco fracasso financeiro.
Fonte: Planocritico

Rotten Tomatoes Critics - Certified Fresh              88%
Rotten Tomatoes Audience - Upright                87%
IMDb Rating          7.7
Trailer



Screenshots

sexta-feira, 22 de março de 2019

A MORTE NÃO MANDA RECADO - 1970

The Ballad Of Cable Hogue, 1970
Legendado, Sam Peckinpah
Imagem relacionada

Formato: mp4
Áudio: inglês
Legendas: português 
Duração: 2h 01 minuto
Tamanho: 1 GB
Servidor: Uptobox (parte única)

LINK

SINOPSE
Após ser abandonado pelos sócios no meio do deserto, um minerador é salvo da morte ao encontrar uma fonte de água. Mas nem mesmo a prosperidade alcançada ao transformar o lugar num pequeno oásis o faz abandonar a idéia de se vingar dos homens que o traíram. Faroeste produzido e dirigido por Sam Peckinpah (Meu Ódio Será Tua Herança e Sob o Domínio do Medo, também aparece como ator em Choque de Ódios, Dois Corações e uma Alma e Vampiro de Almas). Trilha sonora de Jerry Goldsmith (ganhador do Oscar por A Profecia). Fotografia de Lucien Ballard (de Meu Ódio Será Tua Herança, Os Implacáveis e O Grande Golpe). Com Jason Robards (Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por Todos os Homens do Presidente), Stella Stevens (foi coelhinha da revista Playboy nos anos 60 e atuou em Garotas! Garotas! e Mais Garotas!), David Warner (de Titanic, O Sedutor e da minissérie Holocausto), Strother Martin (de O Homem que Matou o Fascínora, Segredos das Jóias, Rebeldia Indomável e Meu Nome É Jim Kane). Mais uma bela obra do mestre do gênero.
Fonte: Filmow

Rotten Tomatoes Critics - Certified Fresh              93%
Rotten Tomatoes Audience - Upright                81%
IMDb Rating          7.3
Trailer



Screenshots