Importante

Para que o blog continue é fundamental que vocês deixem o filme compartilhando por pelo menos 3 vezes o tamanho do arquivo original. Se um arquivo tem o tamanho de 1gb, é importante que vocês deixem compartilhando até atingir 3gb. Isso ajudará a manter o arquivo com seeds (sementes) para que outras pessoas possam baixam os arquivos.

segunda-feira, 30 de setembro de 2019

OLIVIER, OLIVIER - 1992

Olivier, Olivier, 1992
Legendado, Agnieszka Holland

Formato: avi
Áudio: francês
Legenda: Português
Duração: 1h 50 minutos
Tamanho: 689 Mb
Servidor: Uptobox (Parte única)

LINK
Parte única

SINOPSE
Numa pequena cidade francesa, o desaparecimento de Olivier, um garoto de nove anos, causa uma desestruturação em sua família. Seis anos mais tarde, aparece um jovem de 15 anos que pode ser Olivier.

Fonte: Filmow



IMDb Rating          7.5




Trailer

Screenshots

domingo, 29 de setembro de 2019

PRIVACIDADE HACKEADA - 2019

The great hack, 2019
Legendado, Karim Amer, Jehane Noujaim
 Extra Large Movie Poster Image for The Great Hack

Formato: avi
Áudio: inglês
Legendas: português
Duração: 1h 53min.
Tamanho: 1,28 GB
Servidor: uptobox (Parte única)

LINK

SINOPSE
“Quem já viu um anúncio que te convenceu que seu microfone está ouvindo suas conversas?”, David Carroll pergunta a seus alunos no começo de Privacidade Hackeada, o novo documentário da Netflix sobre privacidade de dados e desinformação na internet. Carroll ri nervoso quando quase todas as mãos da classe se levantam.
A resposta é perturbadora, mas não uma surpresa – uma boa introdução para uma história sobre a Cambridge Analytica, a empresa agora infame que forneceu dados de segmentação de anúncios para a campanha de Trump na eleição de 2016. A empresa, como sabemos agora, peneirou os dados de questionários do Facebook para construir milhões de perfis psicográficos, depois os usou para hiperdirecionar anúncios para os eleitores com campanhas publicitárias personalizadas. Como o homem que fez a denúncia, Christopher Wylie, diz de maneira sucinta mais tarde no filme, a Cambridge Analytica não é uma empresa de ciência de dados, mas uma “máquina de propaganda”. 

Fonte: Vice


IMDb Rating          7.0




Trailer

Screenshots

sábado, 28 de setembro de 2019

FEBRE - 1981

Goraczka, 1981
Legendado, Agnieszka Holland
 Resultado de imagem para goraczka poster Agnieszka Holland

Formato: avi
Áudio: polonês e russo
Legendas: português
Duração: 1h 56min.
Tamanho: 1,46 GB
Servidor: uptobox (Parte única)

LINK

SINOPSE
No ano de 1905 na Polônia, o ativismo revolucionário clandestino cresce cada vez mais. Todos os personagens centrais da trama são anarquistas comprometidos em derrubar o governo opressor zarista. O filme segue a tentativa frustrada de diversos terroristas inexperientes em tentar assassinar o governador com uma bomba.

Fonte: Filmow


IMDb Rating          6.8



Screenshots

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

EM BUSCA DA VIDA - 2006

San xia hao ren, 2006
Legendado, Jia Zhangke
Resultado de imagem para still life poster 

Formato: mkv
Áudio: mandarim
Legendas: português
Duração: 1h 51min.
Tamanho: 1,91 GB
Servidor: uptobox (Parte única)

LINK

SINOPSE
Usemos, de saída, Still Life, título internacional deste Em Busca da Vida. É, afinal, o mais adequado para um filme de Jia Zhang-ke, em que a contemplação (a nossa, diante dos planos, e também a dos personagens, dentro da diegese) é o que sempre está em jogo. Assistir é o que fazem os jovens de Plataforma e Prazeres Desconhecidos a respeito da política da República Popular da China, mas é neste Still Life (e no anterior O Mundo, de 2004) que a vista torna-se uma questão na tela, um dado presente nesta. A tradução mais direta do termo, “natureza-morta”, diz respeito à pintura, ou seja, à imagem, a algo a ser visto. Isso também coincide com o que está no enquadramento, um embaçamento na profundidade de campo gêmeo dos quadros pincelados à tinta, sobretudo as naturezas-mortas chinesas.
No filme de 2004, havia um parque temático que reproduzia as grandes cidades do planeta através de miniaturas de seus monumentos e pontos turísticos. Em princípio, então, bastaria contemplar esses totens para se estar nos lugares, mas o longa também mostra e dá especial atenção aos personagens, que vivem seus dramas, solidões, amores e ciúmes em tamanho real. Um pendular entre a narcolepsia boçal provocada pelo artifício das reproduções e a vida pulsante e valiosa dos funcionários desse parque.
Não é diferente em Still Life, onde moradores e visitantes da cidade de Fengjie assistem meio “catatônicos” à morte daquele milenar e valioso sítio chinês, cujas grande e micro história são perdidas com o avanço das águas inundantes da futura usina hidrelétrica de Três Gargantas (esta, de fato e na realidade, subindo as águas do rio Yangtsé para mergulhar tudo em nome de um progresso tecnológico na nova China). A situação, no filme, é a de todo um repertório de memórias (existências) sendo afogado e, em meio a esse assassínio irrefreado, as pessoas prosseguem, impotentes, tecendo sua existência em tempo real e in loco



IMDb Rating          7.3




Trailer

Screenshots

terça-feira, 24 de setembro de 2019

FABRICANDO PAISAGENS - 2006

Manufactured Landscapes, 2006
Legendado, Jennifer Baichwal
Resultado de imagem para Manufactured Landscapes POSTER 
Formato: avi
Áudio: inglês, mandarim e cantonês
Legendas: português
Duração: 1h 26min.
Tamanho: 695 MB
Servidor: uptobox (Parte única)

LINK

SINOPSE
Fabricando Paisagens é um documentário que apresenta e reflete sobre o trabalho do fotógrafo Edward Burtynsky. Conhecido internacionalmente por suas fotografias de “paisagens manufaturadas” – pedreiras, usinas de reciclagem, fábricas, minas e represas – Burtynsky cria obras que nos confrontam com o resultado de nosso próprio consumo.
O filme apresenta o fotógrafo discutindo sua própria obra, explicando o que o levou a adotar essa temática em seu trabalho, e a importância que vê em que tomemos consciência das consequências da forma como vivemos e exploramos os recursos naturais do planeta.
O documentário acompanha também Burtynsky na China, fotografando os efeitos evidentes da grande revolução industrial do país, e em Bangladesh, onde enormes navios petroleiros são desmontados.
A narrativa do documentário e de suas fotos nos fazem pensar sobre o nosso impacto no planeta e testemunhar como a extração de matéria-prima, a produção e os restos do que consumimos acabam fazendo parte das paisagens cotidianas.



IMDb Rating          7.3




Trailer

Screenshots

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

ANTROPOCENO: A ERA HUMANA - 2018

Anthropocene: The Human Epoch, 2018
Legendado, Jennifer Baichwal, Edward Burtynsky e Nicholas de Pencier
 Resultado de imagem para Anthropocene: The Human Epoch poster

Formato: mkv
Áudio: inglês, russo, italiano, alemão, mandarim e cantonês
Legendas: português
Duração: 1h 27min.
Tamanho: 2,65 GB
Servidor: uptobox (Parte única)

LINK

SINOPSE
Antropoceno segue a pesquisa de um corpo internacional de cientistas que argumentam que mudanças humanas profundas e duradouras no planeta significam que entramos em uma nova época geológica: o Antropoceno.
Esse documentário é o terceiro de uma série sobre o impacto da humanidade na Terra, e que podem ser vistos independentemente da sequência:
1 - Manufactured Landscapes (2006)
2 - Watermark (2013)
3 - Anthropocene (2018)
Os cineastas viajaram por toda parte para documentar evidências, desde paredões de concreto na China, que agora cobrem 60% da costa continental, até festivais na cidade fechada de Norilsk, na Sibéria; a devastada Grande Barreira de Corais na Austrália e lagoas de evaporação de lítio no deserto do Atacama, no Chile.
Curiosidade:
O documentário faz parte de um projeto multidisciplinar que inclui uma exposição na Galeria de Arte de Ontário e na National Gallery do Canadá. "Antropoceno" é também o mais novo livro de Edward Burtynsky para documentar a destruição humana da Terra em escala geológica. Contendo poemas especialmente encomendados por Margaret Atwood (autora de The Handmaid's Tale) e fotos tão bonitas quanto desconcertantes, Burtynsky explora questões como a extinção (queima de presas de elefante em grande escala para interromper o comércio ilegal e o mercado negro, a situação do último rinoceronte branco), tecno-fósseis (aterros nigerianos inteiramente de plástico, tetrápodes maciços de concreto para proteger a costa chinesa da erosão) e terraformação (minas e agricultura industrial).

Fonte: Filmow



IMDb Rating          7.2




Trailer

Screenshots

domingo, 22 de setembro de 2019

JERICÓ - 2008

Jerichow, 2008
Legendado, Christian Petzold


Formato: mkv
Áudio: alemão/turco
Legendas: português
Duração: 93 min.
Tamanho: 1,75 GB
Servidor: uptobox (Parte única)

LINK

SINOPSE
De volta do Afeganistão, Thomas (Benno Fürmann) consegue um emprego como motorista de Ali (Hilmi Sözer), um comerciante de origem turca. Ele logo conquista a confiança do chefe, mas pode por tudo a perder quando começa a se aproximar demais da mulher dele, Laura (Nina Hoss).

Fonte: Adorocinema



IMDb Rating          7.0




Trailer

Screenshots

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

KAGEROZA - 1981

Kagero-za, 1981
Legendado, Seijun Suzuki
 Resultado de imagem para Kagero-za, 1981 poster

Formato: mp4
Áudio: japonês
Legendas: português
Duração: 2h 19min.
Tamanho: 1,18 Gb 
Servidor: Uptobox (parte única)

LINK

SINOPSE



Fonte: 42mostra



IMDb Rating          6.9




Trailer

Screenshots

terça-feira, 17 de setembro de 2019

AUTO DE RESISTÊNCIA - 2018

Auto de resistência, 2018
Natasha Neri e Lula Carvalho
 Resultado de imagem para auto de resistência filme poster
Formato: mkv
Áudio: português
Duração: 1h 36min.
Tamanho: 1 GB
Servidor: ulozto (parte única)

LINK

SINOPSE
O mecânico Thiago da Costa Correa da Silva, de 19 anos, e o amigo de infância, o estudante Carlos Magno de Oliveira Nascimento, 18, ouviram tiros e saíram correndo quando deixavam uma barbearia na Estrada da Independência, no Morro do Borel, zona norte do Rio de Janeiro. O pintor e pedreiro Carlos Alberto da Silva Ferreira, 21, fez o mesmo. Os três tentaram se abrigar em uma viela, mas acabaram baleados por policiais do 6º Batalhão da Polícia Militar, que realizavam uma operação na comunidade. O taxista Everson Silote, de 26 anos, voltava para casa e também foi morto ao tentar se identificar como morador e trabalhador. As quatro mortes foram registradas e explicadas como supostas oposições à intervenção policial, também chamado de “auto de resistência”. As mortes completam 15 anos na próxima segunda-feira (16/4).
O caso de Thiago, Carlos Magno, Carlos Alberto e Everson e de outros jovens do Rio de Janeiro são contados no documentário “Auto de Resistência”, de Natasha Neri e Lula Carvalho, que compõe a 23ª edição do Festival É Tudo Verdade. O longa-metragem busca acompanhar os casos pelo olhar dos familiares e pelo sistema de justiça. Débora Maria da Silva, fundadora das Mães de Maio, que viu o filme na estreia em São Paulo nesta sexta-feira (13/4), afirmou que, embora se passe no Rio, o documentário retrata uma realidade de massacre da população negra que acontece em todo o país. Ela destaca que o olhar do documentário vai além da polícia e mostra os outros atores responsáveis pela violência de Estado. “O filme mostra que temos duas polícias, uma que mata e outra que não investiga, um Ministério Público que de público não tem nada e é o maior violador de direitos que existe, e um Judiciário que devia estar no banco dos réus”, afirma.

Fonte: Ponte

IMDb Rating     8.0

Trailer



Screenshots

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

ANDANDO - 2008

Aruitemo aruitemo, 2008
Legendado, Hirokazu Koreeda
Resultado de imagem para Aruitemo aruitemo poster 

Formato: mp4
Áudio: japonês
Legendas: português
Duração: 1h 55min.
Tamanho: 1,83 Gb 
Servidor: Uptobox (parte única)

LINK

SINOPSE
Japão. Um dia quente de Agosto. Todo o clã reúne-se na velha casa de família, num evento anual em honra de Junpei, o filho mais velho, que morreu há 15 anos num acidente. Nessas 24 horas todos se analisam, a si próprios e aos outros, especulando como seriam as suas vidas se a trágica morte não tivesse ocorrido.
São muitos os ressentimentos e muitas as formas de cobrança numa família desunida e disfuncional que tem aqui a grande oportunidade de mudar o que não está bem. Um drama familiar sobre o amor, o ressentimento e, essencialmente, sobre o arrependimento, filmado pelo japonês Hirokazu Koreeda (diretor de Assunto de família), numa homenagem aos seus próprios pais já falecidos.


Fonte: Cinecartaz



IMDb Rating          8.0




Trailer

Screenshots

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

NÃO ME TOQUE - 2018

Touch Me Not, 2018
Legendado, Adina Pintilie
Resultado de imagem para touch me not (2018) poster 

Formato: mp4
Áudio: inglês e alemão
Legendas: português
Duração: 2h 03min.
Tamanho: 1,19 Gb 
Servidor: Uptobox (parte única)

LINK

SINOPSE
Não Me Toque é um filme difícil, em muitos sentidos.
Por sua proposta de descobrimento das pessoas envolvidas, ele é difícil porque nos coloca diante de situações que, para nós, não é necessariamente confortável. E por isso mesmo também nos coloca como parte do experimento de uma pesquisa particular sobre intimidade. Por sua liberdade ao pensar corpos, sexo, libido, desejos, convenções sociais e auto-estima, ele é difícil porque se torna um desafio cifrado, diante do qual a gente realmente não sabe o que fazer (e sim, todos entendemos que a experiência aqui vai bem além da pura contemplação). E por fim, por sua tênue fronteira entre realidade e ficção, ele é difícil porque nos confunde, nos tira as certezas, nos deixa com muito mais perguntas do que respostas, nos provoca. Eu quase não escrevi sobre a obra, que vi na 42ª Mostra SP, mas resolvi fazer uma abordagem diferente e peço que se você que está lendo viu o filme, compartilhe também, nos comentários, a sua experiência, leitura e visão geral da obra.
Em tela, temos Laura, Tómas e Christian, que, segundo as entrevistas dadas pela diretora Adina Pintilie, “estão propondo uma visão empática sobre suas vidas“. No conteúdo, uma constante luta diante da barreira anunciada no próprio título: não me toque. O longa não é um documentário, é um drama bastante realista, mas o flerte com esse gênero é mais que óbvio e a quebra da parede cinematográfica acontece até como parte do ciclo da fita, separando a diretora de seus objetos humanos de estudo. As perguntas são muitas, as sensações são muitas e o filme atravessa cada uma delas com grande urgência. Do meio para o fim da experiência, como não aparecem novos rostos nesse processo de descoberta, temos uma estranha impressão de loop narrativo, repetição que, para mim, atrapalhou bastante acompanhar a conclusão, que na derradeira cena — belíssima e revigorante, por final — volta aos trilhos, talvez apontando para uma “cura” em relação à questão do toque.

Fonte: Planocritico



IMDb Rating          6.0




Trailer

Screenshots

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

PARASITE - 2019

Gisaengchung, 2019
Legendado, Bong Joon-ho
 Resultado de imagem para Gisaengchung poster 

Formato: avi
Áudio: coreano
Legendas: português
Duração: 2h 12min.
Tamanho: 1,6Gb 
Servidor: Uptobox (parte única)

LINK

SINOPSE
Mordaz crítica sobre a diferença de classes, “Parasite” está sendo aclamado por onde passa. Conquistou a Palma de Ouro do Festival de Cannes de 2019 – a primeira vitória da Coreia do Sul no evento – e provocou êxtase na multidão que assistiu ao filme no Festival de Karlovy Vary 2019, na República Tcheca. Dirigido por Bong Joon-Ho (“Okja” e “O Expresso do Amanhã”), a comédia de humor negro é uma jornada infernal repleta de reviravoltas.
A premissa é engenhosa: o adolescente pobretão Ki-woo Kim (Choi Woo-shik) ganha a chance de sua vida quando um amigo o recomenda para ser tutor de Da-hye (Jung Ji-so), filha de um influente casal. Ao assumir um emprego, ele elabora um plano para a demissão do staff do casal com o intuito de colocar seus familiares dele no lugar, o que acaba acontecendo. Certo dia, quando os patrões estão fora e eles aproveitam a mansão para se divertir, a ex-empregada, Moon-kwang (Lee Jung Eun), bate à porta alegando que está lá para recuperar algo que havia esquecido antes de ser demitida. Uma vez dentro da casa, descobre o esquema da família e o caos se instala.

Fonte: cineset



IMDb Rating          8.5




Trailer

Screenshots


domingo, 8 de setembro de 2019

GENEVIÈVE - 1964

Geneviève, 1964
Legendado, Michel Brault
 https://i.imgur.com/ZrHV0gM.jpg

Formato: mkv
Áudio: francês
Legendas: português
Duração: 28 min.
Tamanho: 545 MB
Servidor: Uptobox (parte única)

LINK

SINOPSE
Duas adolescentes de Montreal vão ao carnaval de inverno em Quebec pela primeira vez. Sua relação ambígua e provisória com um rapaz traz a ambas a doce intensidade e a desilusão do primeiro amor.



IMDb Rating          7.3




Trailer

Screenshots